A Maior Chave De Salomão – Ordem Dos Pantáculos

Padrão

Comecei a fazer trabalhos com “A Maior Chave de Salomão – Ordem dos Pantáculos” no começo deste ano. Meu interesse era basicamente direcionado aos primeiros pantáculos, aqueles que são apropriados para a invocação de espíritos atribuídos à esfera que foi mencionada. Para as pessoas que não conhecem, “A Maior Chave de Salomão – Ordem dos Pantáculos” é um grimório ou livro de magia que fornece os selos e as descrições de pantáculos a serem produzidos que servirão para trabalhos com espíritos de uma certa maneira, a depender da natureza desses trabalhos. Eu comecei em Janeiro de 2017 e fiz uso do primeiro Pantáculo de Marte, do primeiro e do quinto da Lua; O primeiro deveria funcionar e servir como uma melhoria na invocação do meu patrono, meu Senhor Samael. Não houve nada de errado já que o pantáculo funcionou direitinho. Percebi que as coisas estavam melhorando e notei que a linha de comunicação foi melhorada. O primeiro Pantáculo da Lua foi uma oferenda à um espírito com o qual estou fazendo trabalhos e também serviu ao seu propósito da mesma maneira descrita acima. Além disso o espírito mostrou-se para mim, o que foi ótimo já que ele não tem uma aparência geralmente conhecida e é curto e direto ao ponto, até um tanto tímido. Agora tem até se tornado mais vigoroso e envolvido na minha vida. Em relação ao Quinto Pantáculo da Lua, praticamente deixei o melhor por último; diz-se que este Pantáculo dá as respostas durante o sono, em sonhar profecia. Não sou do tipo sonhador e raramente sonho; quando durmo geralmente apago e pronto. Posso sonhar com algo besta uma vez no ano e saber logo de cara que isso não tem significado algum. Mas o tipo de sonhos às vezes que são vívidos e transbordam, sacudindo-lhe e lhe fazendo sentir como se você não tivesse descansado nada – bem, esses são os que importam. O pantáculo cumpriu o seu papel já que eu também tenho tido esse tipo de sonhos mais de 5 vezes nos últimos 2 meses, e meus sentidos me dizem na maioria dos casos qual é a identidade do doador de sonhos. A maior parte das entidades convocadas me dão um sinal desta maneira, enquanto que isso não acontecia anteriormente. O único inconveniente é que o sonho está codificado e eu preciso sair em busca do seu significado. Não ligo para isso, mas senti que deveria pontuar isso.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.